Onde está e lua e com quem?

A lua capricorniana vai crescendo pelo zodíaco. Entre hoje e amanhã, ela solta a mão de Saturno, ao chegar ao signo de Peixes, onde Júpiter e Netuno dividem o reinado.

Esta lua que chega a Peixes ainda estará muito influenciada pelas energias saturninas. Isto nos deixará ressabiados em relação à potência imaginativa deste signo. É como se fôssemos a um banquete e evitássemos comer, preocupados com a qualidade da comida e com as inúmeras repercussões que a comilança poderia provocar no nosso corpo.

Só que, no domingo, Netuno nos chamará para dançar e vai colocar diante do nosso nariz um delicioso manjar dos deuses. E aí? Vamos dar uma chance à delícia deste manjar, ou afastaremos a mão de Netuno e continuaremos sozinhos, num canto da festa?

Nem tanto ao mar, nem tanto à terra, certo? Vamos apreciar as gostosuras da vida, sem nos desprendermos completamente dos avisos do nosso super-ego acerca dos perigos de nos perdermos e nos desviarmos dos nossos objetivos.

Até porque, na segunda, a lua encontrará Quíron em Áries/Carneiro, o que nos obrigará a olharmos para aquilo que nos dói. Uma vez que Marte, regente de Áries, está em Touro, seremos chamados a compreender os efeitos da nossa ferida interna sobre a nossa vida concreta.

Marte, ainda por cima, está na companhia de Urano e isto fará com que a nossa ferida arda de um modo diferente. Caberá a nós descobrirmos que dor é esta e como ela nos tem impedido de progredir na vida e apreciar o melhor que a existência nos tem a oferecer.

Será difícil este trânsito, pessoal, porém teremos Júpiter e o Sol nos trazendo algum consolo. Por isto, sugiro que aproveitemos aquela festa de domingo.

De mãos dadas com Netuno, aprendamos a metaforizar e a compreender os significados sutis dos prazeres da vida. Será uma chance de percebermos como estes prazeres podem ser necessários, no nosso caminho em direção à abundância e à prosperidade.
.
.
Imagem: @vivabakerybr